sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Casa nova - a cozinha

Queria uma cozinha em tons claros, fácil de limpar e funcional. 
Vai ser assim:

 
 

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Casa nova II


 
O banco empresta-nos (quase) a totalidade do dinheiro que precisamos para comprar a casa... Temos que entrar com um míseros 600 euros, tivemos muita sorte na avaliação que o banco nos fez. Apenas há um ponto menos bom, só marcam a escritura depois da cozinha montada e de feita inspecção por causa da habitabilidade. Queríamos mandar fazer a cozinha depois da escritura feita mas não pode ser. Agora anda lá o carpinteiro a encher (ainda mais) a casa de pó mas ao menos temos quase a cozinha montada.Comprar uma casa nova em folha e com possibilidade de alterações em algumas coisas ao nosso gosto, dá trabalho mas vale muito a pena.

Alguns livros de 2017

 

terça-feira, 5 de setembro de 2017

O meu gato quer nos enlouquecer II


O meu gato foi abandonado, adoptamos o bicho em Fevereiro (deve ter 1 ano), não sabemos que rotinas/hábitos tinha antes de vir viver connosco. 

Começamos uma novo método ontem.

Comida (refeição principal) é antes de irmos dormir, quarto ás escuras, é cansado desde que chegamos a casa do trabalho -  não o deixamos dormir nem 5 min. Salta à porta do quarto dele e ninguém se levantar para passar um ralhete (esta noite começou às 4h). O puxador da porta dele foi envolvida com fita adesiva, dizem que os gatos não gostam (mas ele atira-se a ele na mesma)

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

O meu gato quer nos enlouquecer.


O meu gato quer nos enlouquecer.

Inicialmente dormia na sala com a porta fechada e começou com o tempo a tentar abrir a porta, dá saltos para se pendurar no puxador da porta. O barulho que ele faz -  que dura a noite toda por vezes- é uma tortura.
Um de nós levanta-se ralha com ele, dá-lhe comida -  umas vezes resulta outras nem por isso.
Passámos a deixar a casa toda aberta menos o nosso quarto e ele começou a tentar abrir a porta do nosso quarto.

Como nada resultava começamos a deixar a porta do nosso quarto aberta, aparece por lá a meio da noite e começa a miar, a passar por cima das nossas cabeças, a saltar para cima da cómoda.
Um de nós levanta-se ralha com ele, dá-lhe comida -  umas vezes resulta outras nem por isso.

Se nos sentarmos na cama e ficarmos acordados a ler, por exemplo, ele vai a vida dele e não chateia. Ele apenas não quer portas fechadas, não quer ver os donos a dormir durante a noite, quer estar em casa connosco acordados.

Que faço??? Há noites em que é uma autentica tortura porque não conseguimos dormir. Esta noite começou a fazer barulho era meia-noite.

Vamos enlouquecer.





sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Casa nova I



Encontramos a nossa casa finalmente. Que venha dai a escritura.